Logotipo Biotec AHG

Genoma de canguru seqüenciado

Imprimir .

Um consórcio internacional de cientistas da Alemanha, Austrália, EUA, Inglaterra e Japão, realizaram pela primeira vez o seqüenciamento do genoma do canguru, sendo esse o terceiro marsupial em todo o mundo a ter o seu genoma seqüenciado e o segundo na Austrália. O artigo com os resultados da pesquisa foi publicado na edição do dia 19 de agosto no BioMed Central do jornal Genome Biology.

A espécie que participou do projeto é a Macropus eugenii, popularmente conhecida como Tammar Wallaby, o canguru australiano. Algumas características biológicas presentes nessa espécie são consideradas bastante incomuns, como por exemplo, o mais longo período de diapausa embrionária entre os mamíferos, a reprodução sazonal extremamente sincronizada e um aleitamento sofisticado.

O genoma do M. eugenii apresentou outras características interessantes, descobertas pelos cientistas e que chamaram a atenção, como os 1.500 genes vinculados à detecção de odor, sentido bastante apurado nesses animais, e aqueles responsáveis pela produção de antibióticos pela mãe e que protegem os filhotes recém-nascidos de infecções pela bactéria Escherichia coli, entre outras.

Utilizando o seqüenciamento Sanger, os pesquisadores realizaram o sequenciamento do genoma e posteriormente o transcriptoma, para com isso, obter um catálogo que mostra como ocorre a ativação e desativação de certos genes.

Os resultados das análises realizadas pelo grupo de cientistas dão uma nova visão sobre a reprodução de mamíferos, o desenvolvimento e a evolução do genoma, mostrando que há uma inovação em genes ligados à reprodução e à lactação e também uma rápida evolução de genes de células germinativas, e incompleta inativação de locus específico.

A equipe observou também novos retrotransposons (elementos móveis) e um complexo de histocompatibilidade altamente reorganizados, com muitos genes de classe I localizados fora do complexo. Novos MicroRNAs nos grupos de genes Hox desses animais mostraram elementos potenciais regulatórios Hox de mamíferos.

Graças ao sequenciamento do genoma dessa espécie de canguru, os pesquisadores poderão entender melhor certas características e como seu deu o seu processo evolutivo, assim como poderão também usar de algumas descobertas em favor do próprio ser humano, como por exemplo, desenvolver tratamentos para alguns tipos de doenças.

18/08/2011
Arlei Maturano - Equipe Biotec AHG
 

 © BIOTEC AHG 2017 - Todos os direitos reservados - Rua Dr. Melo Alves, 529, cj. 82. Cerqueira César. São Paulo-SP, Brasil. CEP: 01417-010