Logotipo Biotec AHG

Feicorte movimenta milhões e apresentanovidades na área da biotecnologia

Imprimir .

A Feicorte 2004, maior feira de exposição do gado de corte no Brasil ocorrida de 15 a 19 de junho, foi marcada pela presença cada vez mais intensa de empresas de biotecnologia. O evento, que reuniu dezenas de expositores movimentou mais de R$9 milhões em seus cinco dias de duração.

Realizada na cidade de São Paulo, a feira teve como atração mais de 3 mil animais de elite expostos, estandes de várias empresas do setor, encontros nacionais de criadores de 9 raças e também a realização de 20 leilões. 

Aberta oficialmente pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Alimentação, Roberto Rodrigues, a feira contou também com governos de Estados produtores de carne, representações de países produtores e consumidores, órgãos federais e universidades de todo o país.

Na área de biotecnologia, a feira serviu como palco para a apresentação de inúmeros produtos e empresas que investem cada vez mais no setor de pecuária de corte. Participaram do evento empresas como Embrapa, Dow Agrosciences, Alltech, Asbia (Associação Brasileira de inseminação Artificial), Vitrogen, Alta Genetics, Biogenesis, entre outras.

A cada ano cresce mais a atuação de empresas de biotecnologia no setor de pecuária. Técnicas como inseminação artificial, seleção de embriões, melhoramento genético de animais e plantas e desenvolvimento de novas vacinas já são amplamente conhecidas de criadores e empresas, que agora trabalham em pesquisas de ponta como clonagem e modificação genética de animais.

O Brasil é hoje o maior exportador de carne bovina do mundo e detentor do maior rebanho comercial de gado do planeta, com cerca de 134 milhões de cabeças. Além disso, o mercado de gado de corte é um dos principais responsáveis pela balança comercial positiva do país. 

  

Novidades    

Várias empresas de biotecnologia aproveitaram para lançar seus produtos durante a Feicorte. Novas vacinas, suplementos alimentares, artigos para melhoramento genético e até novas espécies de plantas, desenvolvidas para atender melhor as necessidades do setor foram apresentadas.

A Lagoa da Serra, maior central de inseminação artificial da América Latina, por exemplo, lançou o “Insemina Fácil”, um kit de inseminação artificial para estimular a prática no país. Pelo projeto, o pecuarista já recebe todo o material necessário para realizar a operação como luvas, aplicador, termômetro e o botijão com nitrogênio líquido, além do sêmen bovino.    Também durante a feira,  a empresa Matsuda, em parceria com a brasileira Bio´s Animal e a canadense Lallemand, lançou um produto desenvolvido em conjunto com a ESALQ – USP (Escola Superior de Agronomia Luiz de Queirós), de Piracicaba – SP. Trata-se de um inoculante bacteriano que deve ser adicionado à cana-de-açúcar ainda verde no momento em que esta é armazenada nos silos, diminuindo sua fermentação e melhorando sua qualidade.    Outro produto da Matsuda foi a cana forrageira, uma nova variedade de cana desenvolvida e selecionada pelo Instituto Agronômico de Campinas (IAC) que busca, além de uma melhor alimentação do gado, melhores resultados em cultivo, colheita e armazenamento em relação à cana-de-açúcar.

No campo das vacinas, a Merial, importante representante do setor farmacêutico, apresentou a Respishield, um novo produto para combater doenças reprodutivas e respiratórias.

Além das empresas, os leilões também não ficaram atrás no que diz respeito à atuação da biotecnologia. Além de bovinos selecionados de acordo com a qualidade de seu material genético, o chamado gado de elite (em que um animal pode valer até R$250 mil reais), a Feicorte sediou também um leilão específico para embriões, em que os produtores apresentam, na verdade, animais que ainda não nasceram, mas que já tem seu valor garantido pela qualidade genética.   

 

Congresso

A feira contou ainda com o Congresso Brasileiro de Jornalismo Agropecuário, do qual participaram cerca de 70 profissionais de veículos voltados ao agribusiness de todo o país, incluindo a equipe da Biotec AHG.

O evento foi promovido pela CG12 Comunicações e patrocinado por empresas participantes da Feicorte como Purina, Dow Agrosciences, Alflex e Altech, além do Banco do Brasil.

06/07/2004
 

 © BIOTEC AHG 2018 - Todos os direitos reservados - Rua Dr. Melo Alves, 529, cj. 82. Cerqueira César. São Paulo-SP, Brasil. CEP: 01417-010